sexta-feira, 27 de março de 2009

Hábitos


Hábitos de pensamentos são ímãs mentais que atraem para você certas
coisas, pessoas e condições. Enfraqueça um mau hábito, evitando tudo
aquilo que o ocasionou ou que o estimulou, sem no entanto se concentrar
nele, no seu fervor por evitá-lo. Então, desvie sua mente para algum bom
hábito e, firmemente, cultive-o até que ele torne-se parte de você.

Paramahansa Yogananda

quarta-feira, 25 de março de 2009

Estão matando o Rock n’ Roll??!!


Estive observando e vez ou outra comentando com amigos sobre essa nova tendência musical que está invadindo o mundo. Está cada vez mais raro ouvir músicas de qualidade no rádio.


Desde que me entendo por gente, aprendi a ouvir o bom Rock n’ Roll, outras músicas boas de outros gêneros também, mas hoje quero focar em um só. Meu pai tinha 24 anos quando nasci.. era um moleque por assim dizer e curtia o movimento Hippie (não sei se seguiu, porque na mesma época ele serviu o Exército então.. enfim), curtia muito Rock, bandas que eu venero até hoje... ele me deu a base e conforme fui crescendo, fui buscando mais material por minha conta e por influência dos amigos com um histórico mais ou menos parecido.


Pena que eu não toco nada... até gostaria e até comecei a estudar na época da infância e adolescência, mas não vingou.. eu não tenho tempo nem paciência pra me dedicar a um instrumento, porque eu preciso me dedicar à minha sobrevivência e minha carreira é outra... hahaha! Mas aprecio muito ouvir música. Muito mesmo!

Tanto é que nos dias de hoje, eu ainda fico presa ao passado musical porque gênios foram os músicos dos anos 60, 70 e 80 nessa área. Depois disso, virou uma avacalhação. Não quero generalizar, até porque tem muita gente nova fazendo um bom trabalho, mas não consegue espaço pra disputar com esses “Emossexuais”, “Funkacete”, “Axébunda” e vou parar por aqui pra não cair demais o nível. Hahaha!


Bem, escrevi tudo isso pra comentar a minha indignação.

Todos os dias, eu vou trabalhar de ônibus fretado, confortável, ouvindo música. Geralmente ouço a Kiss FM, que para mim é a melhor rádio aqui em São Paulo. Toca muito Classic Rock, o tempo todo.. é a especialidade dela. Ou eu deveria dizer “era”???


Hoje eu realmente fiquei indignada... estava ouvindo a rádio... então peguei a metade de uma música do Ozzy Osbourne (Yeah!). Perdi algumas no meio porque eu sempre durmo no fretado e de vez em quando acordo e pego a música da vez.. rs. Eis que começa uma batidinha dançante... não sei o nome da música que começou a tocar, eu já ouvi algumas vezes, é antiga também, mas DEFINITIVAMENTE NÃO ERA ROCK! Estava mais pra um Disco ou qualquer coisa assim. A música não era ruim, mas não deveria estar tocando ali!!! Aquela era música pra uma rádio Alpha, Ômega, Beta, Teta, e até Antena 1. Mas não na Kiss FM!


Não contentes com isso, eles mesclaram mais um Rock no meio, e lá vem outra dessas dançantes. Olha, eu levo quase 2 horas pra chegar no trabalho com o fretado, porque dá uma volta do caramba.. nesse percurso (mesmo eu tendo dormido várias vezes) eu ouvi umas 5 músicas desse tipo. Cadê o Classic Rock? Poxa vida...


Quando eu digo que estão que estão matando o Rock n’ Roll não acreditam... o estão camuflando, escondendo, aposentando... tudo bem que os melhores trabalhos são antigos, mas eles não vão morrer. Os estão matando.. até a Kiss..


Hoje eu fiquei indignada.

segunda-feira, 23 de março de 2009

A estória do lápis



Recebi essa mensagem hoje por email, e achei uma ótima reflexão. Na minha opinião, são as melhores qualidades a desenvolvermos em nós.

___

O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:

- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por acaso, é uma história sobre mim?

A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:

- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.

O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.

- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!

- Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo.

"Primeira qualidade: você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade".

"Segunda qualidade: de vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor."

"Terceira qualidade: o lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça".

"Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você."

"Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação".

sexta-feira, 20 de março de 2009

Um dia se está por cima, no outro não se sabe...

Quem nunca passou por isso alguma vez na vida??


Quando estiver por cima, invista em afeto, respeito, justiça e segurança.

Porque as coisas mudam com o passar do tempo...


quarta-feira, 11 de março de 2009

A importância da simplicidade


Mensagem que eu recebi faz bastante tempo de um amigo que muitas maluquices da vida nos aproximaram e nos afastaram diversas vezes desde 2003. Então ele mais uma vez reaparece, o que me motivou a ler emails antigos que estavam guardados.
Hoje essa mensagem antiga faz bastante sentido pra mim, eu gostaria de compartilhar.
Afinal, a felicidade está dentro de nós mesmos, mas às vezes surgem pessoas na nossa vida que nos ajudam a enxergá-la.


Um jeito fácil de ser feliz


Você sabia que existe um jeito muito fácil de ser feliz? É simplificando as coisas.

Sabe aquela discussão boba e sem assunto com a pessoa amada? Deixe de lado. Sabe aquele problema que parece insolúvel? Deixe o tempo se acomodar, que as respostas irão fluir. Sabe aquele projeto que não deu certo? Não fique se lamentando: outros mais virão pela frente.

Assim é a nossa vida. Um dia vive-se a glória, no outro nem tanto. Mas para que ficar esquentando a cabeça ou deixando que a ansiedade tome conta do seu pensamento, desperdiçando uma energia poderosa? Para que ficar martelando sobre assuntos e coisas sem futuro, insistindo em razões sem sentido ou impróprias para a nossa essência?

Assim, ao acordar pela manhã, faça uma promessa: a partir de hoje, usarei a simplicidade como um grande instrumento em busca da minha felicidade. Faça isso e seja feliz!


Adonai Zanoni de Medeiros

terça-feira, 10 de março de 2009

Vivendo e Aprendendo


Eu sempre fui ligada nessa coisa de signos, sou ariana com convicção e orgulho, e todas as manhãs eu gosto de ler o meu horóscopo.

Está bem, sei que os mais céticos vão achar mil razões para discordar e não acreditar, mas não me importo.

O fato é que o horóscopo para os arianos hoje, me promoveu uma rápida reflexão e conclusão de alguns assuntos, que eu até já tinha resolvido, mas veio para reforçar e achei interessante.

Sim, porque eu, romântica que sou, mandona que sou, impulsiva que sou, e amante das pessoas que sou (muito embora às vezes pareça que as odeio, não é bem assim.. só não tenho muita paciência com grande parte..), acabo querendo controlar tudo, e achando que as pessoas próximas a mim não saberiam viver sem mim por perto para dar conselhos, apoio, motivação, e etc. Sim, isso pode ser chamado, entre outras coisas, de presunção.


Eu já irritei muitas pessoas com esse meu jeito... mas pior do que isso, eu já me irritei muito mais por querer que compreendessem esse meu jeito, e esperar reconhecimento e retribuição pelo meu esforço em tentar ajudá-las, e nem todo mundo está a fim disso. Acreditem, isso causou muito sofrimento pra mim. É por isso que estou mudando... em primeiro lugar, para o meu próprio bem.


Ah, sim, já ia me esquecendo. O que dizia o horóscopo era:


"Sua força são os relacionamentos, inclusive aqueles que até agora foram decepcionantes e promotores de todo tipo de atraso. Algumas pessoas ajudam facilitando, enquanto outras ajudam promovendo dificuldades e tumultos".


Pois é... realmente me ajudaram... reconheço isso... e também sei reconhecer meus erros e não me envergonho disso. Eu não sou perfeita, como ninguém é. E principalmente, a cada dia eu tento melhorar, e não acusar os outros ou culpá-los pelos meus erros.


Hahaha é isso aí.. acho que acordei um tanto reflexiva hoje. Mas, me fez bem.

Agora ainda preciso refletir melhor sobre meu problema pra dormir... mas essa análise fica pra outro dia.

sexta-feira, 6 de março de 2009

No Rádio...



É assim que funciona:
Parece um pouco pior
Do que quando dirigimos nosso carro
Bem pelo meio daquela multidão gritando
Enquanto ríamos daquela tempestade

Até que sejamos só ossos
Até que ficasse tão morno
Que nenhum de nós conseguisse dormir

Então todo o isopor
Começou a derreter
Nós tentamos encontrar algumas palavras
Pra ajudar na decadência,
Mas nenhuma delas estava em casa

Dentro de sua catacumba
Um milhão de abelhas velhas
Começam a picar nossos joelhos,
Enquanto nós estávamos ajoelhados
Rezando pra que aquela doença
Deixasse aqueles que amamos
E nunca mais voltasse

E no rádio,
Nós escutamos "November rain"
O solo é realmente longo
Mas é uma linda música
Nós a escutamos duas vezes,
Porque o DJ estava adormecido.

É assim que funciona:
Você é jovem até não ser mais.
Você ama até não amar mais.
Você tenta até não poder mais.
Você ri até chorar.
Você chora até rir.
E todo mundo deve respirar
Até o último suspiro.

Não, é assim que funciona:
Você procura dentro de você
E pega as coisas de que gosta
E tenta amar as coisas que pegou
E então você pega todo esse amor que você criou
E crava em alguém
No coração de outro alguém
Bombeando o sangue de outro alguém.
E andando de braços dados
Você espera que ele não se machuque,
Mas mesmo se isso acontecer
Você simplesmente vai fazer tudo de novo.

terça-feira, 3 de março de 2009

Viver!


Paixão. Sentir prazer, viver a vida, apaixonar-se pelas pessoas, correr riscos pelo amor.

Mais que amar a vida é preciso viver cada minuto como se fosse o último, respirar o ar ao nosso redor como se fosse o primeiro sopro de vida.

Viva e deixe que vivam.

Como disse o poeta Cazuza, se você não pode levar a vida, deixe que ela te leve.