sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Nada de novo...



Talvez seja melhor tentar entender mais uma vez.
Mesmo que um clima tenso ainda exista, e não seja possível uma reconciliação, o melhor a fazer é deixar as mágoas de lado.
Pode ser difícil deixar de lado coisas que tanto magoaram, mas vale a pena tentar.
Só é preciso manter o orgulho próprio nestas horas e não recuar em coisas que já foram pensadas e resolvidas.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Inclinações


Refletindo muito sobre atitudes, percepções que as pessoas me passam ou que eu mesma tenho, lendo coisas aqui e ali, eu tenho visto muito sobre sermos mais egoístas, pensarmos mais em nós mesmos e menos nos outros, já que cada um é responsável pela própria vida, etc.
Eu até concordo com esse pensamento, em partes... mas de uma forma estranha eu entro constantemente em contradição nesse assunto.

Ao mesmo tempo em que eu não tenho muito saco com o ser humano (estou até entrando em um leve estado de misantropia de uns tempos para cá), eu também acabo me preocupando demasiadamente com os que estão mais próximos de mim e por quem eu sinto um certo grau mais elevado de afeição. E muitas vezes acabo deixando as minhas vontades de lado para ajudar alguém. E acredite, já me prejudiquei muito por causa disso.
Certa vez eu li sobre o significado do meu nome e dizia:

Miriam: Hebraico, significa Senhora. Mostram inclinações altruístas e, sobretudo, preocupam-se com o bem alheio. Próprio de pessoas que contribuem com seu estímulo e seu trabalho para o desenvolvimento de projetos inéditos e possíveis. Emotiva e muito ligada à família, você exagera nos seus cuidados e corre o risco de sufocar aqueles que ama. Mas isso é porque tem muita energia e precisa manter as mãos e a cabeça sempre ocupadas com alguma coisa.

Poxa, será que subconscientemente eu acreditei nisso? Ou será que isso é verdade? Porque é exatamente assim que eu ajo... E às vezes me incomoda... mas também me dá um certo prazer. Quando não sou reconhecida pela minha forma de agir e me preocupar com os outros, até fico magoada... mas perdoo muito fácil também.

Pra ajudar, hoje quando estava no fretado vindo pro trabalho, tocou essa música do Raul Seixas.... aí eu acabei concluindo que sou assim mesmo. De certa forma, recebo minhas recompensas por meus atos. De alguma forma.


CARPINTEIRO DO UNIVERSO

Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.

Não sei por que nasci
pra querer ajudar a querer consertar
O que não pode ser...

Não sei pois nasci para isso, e aquilo,
E o enguiço de tanto querer.

Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.

Humm...Estou sempre,
pensando em aparar o cabelo de alguém.
E sempre tentando mudar a direção do trem.
À noite a luz do meu quarto eu não quero apagar,
Pra que você não tropece na escada, quando chegar.

Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.

O meu egoismo, é tão egoísta,
que o auge do meu egoismo é querer ajudar.
Mas não sei por que nasci
pra querer ajudar a querer consertar
O que não pode ser...

Não sei pois nasci para isso, e aquilo,
E o enguiço de tanto querer

Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.

Carpinteiro do universo inteiro eu sou
Ah eu sou assim!
No final,
Carpinteiro de mim!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Portas que se abrem



Todos nascemos com um grande potencial. Pode-se despertá-lo com uma escolha.
Abra a sua porta!
Ficar concentrado na porta que se fechou
Pode impedir a visão de outras que se abrem.

A PORTA DA VIDA
A vida não deve ser medida por aniversários
Mas sim por realizações
Não conte a sua idade com números
Faça um calendário com as suas conquistas

A PORTA DO SONHO
Tudo o que existe de grandioso hoje
Foi antes um sonho
Os vencedores dedicam-se a realizar os seus sonhos
Transformando-os em objetivos
Mobilizando o seu potencial
E agindo com disciplina em direção à vitória

A PORTA DA INTELIGÊNCIA
As portas se abrem para caminhos
Mas é você que faz a caminhada
Aproveite cada momento para desenvolver a inteligência e a criatividade
As soluções existem, basta encontrá-las

A PORTA DA CONSCIÊNCIA
A sua consciência é mais importante que a sua reputação
A sua consciência é o que você é
A sua reputação é aquilo que os outros pensam que você seja
Você é muito mais do que os outros possam imaginar

A PORTA DA AMIZADE
Nos momentos de crise, os amigos são a melhor referência
Cultive as amizades existentes e faça novas

A PORTA DA GRATIDÃO
Tudo o que se consegue na vida é com ajuda de alguém
Agradecer é uma boa maneira de deixar os outros motivados

A PORTA DA PROSPERIDADE
Todos nascemos com o potencial para o sucesso
Poder é saber querer!

A PORTA DA CORTESIA
Se tratar bem as pessoas
Indiferentemente do que elas sejam ou tenham
Terá bons pensamentos dirigidos a você
Ser cortês lhe ajudará a chegar onde quer mais rápido

A PORTA DA ESPERANÇA
Pense bem: na vida melhores dias sempre vieram
A vida tem as suas estações
Todos os ciclos têm início e fim
O que prova existir razões para termos esperança

A PORTA DO ANO NOVO
Realize muito
Sonhe bastante
Tenha vitórias
Treine a sua inteligência e criatividade
Respeite a sua consciência
Preze as amizades
Seja agradecido
Prospere muito
Seja cortês
E acima de tudo...
Tenha esperança!
Para que saiba como abrir a porta certa!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Lição de casa





"A EXPERIÊNCIA É UMA PROFESSORA MUITO SEVERA POIS, ELA APLICA O TESTE PRIMEIRO E SOMENTE APÓS VEM A LIÇÃO"

Vernon Sanders Law







Uma lição que aprendi foi não deixar passar as mentiras.

Às vezes identificamos "pequenas mentiras" naqueles com quem convivemos e acabamos deixando passar, acreditando que não causará grande impacto. Pensamos que talvez não seja tão importante assim, que talvez seja algo apenas pontual, nada grave.

No meu caso, algumas vezes eu simplesmente ficava com vergonha de demonstrar pra pessoa que sabia que ela estava mentindo.. de tão ridícula que era a mentira e tão sem necessidade, que achei que fosse até uma coisa inocente. E não questionei comigo mesma qual era o motivo de a pessoa estar contando aquelas "mentirinhas". Talvez para impressionar, talvez para você acreditar só nela e deixar de acreditar nas outras pessoas e agir de acordo com o que ela queria. E era tão bobo, que eu até ficava em dúvida se era mentira mesmo ou eu estava com "paranóias".

O fato é que eu também notei que a pessoa mentia para as outras pessoas. Constantemente. O que me fez crer que ela não mentiria para mim? Não sei exatamente. Eu confio demais nas pessoas.

A lição que ficou para mim depois desta "experiência", foi: Se deixar passar as pequenas mentiras, para virem as grandes é só uma questão de tempo. E elas vêm. E sua compreensão de outrora não será levada em conta depois. E é bom observar como uma pessoa age com as outras, pois ela fará igual com você. Como eu já ouvi certa vez: A pessoa pode ser um imenso cavalheiro / dama com você, mas se a vir destratar o garçom, não confie.

Enfim. Outra dessa eu não passo mais, com certeza.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Decidi...



O texto que segue não foi escrito por mim.
Entretanto, de acordo com as minhas convicções em relação à vida, a como eu gosto de me expressar e à minha nova fase, ele tem tudo a ver comigo.



“... e assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de superá-las.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tenha sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde, agora, me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar a alguém de Amigo.
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, o amor é uma filosofia de vida.

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria tênue luz deste presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos são somente para fazer-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar... Agora simplesmente durmo para sonhar. "


(Walt Disney)

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Encerrando ciclos, fechando portas.

Eu, como boa ariana que sou, sou bastante impulsiva, intensa, enfrentadora, mas também sou romântica, tenho um coração enorme e tento ajudar as pessoas a crescerem, a enxergarem a vida pelo lado bom.

Mas, algumas vezes, minha paciência tem limites! Na verdade, antigamente, ela tinha um limite bem curto, chegava rapidinho ao fim. E com isso, eu perdi pessoas legais na minha vida.. também expulsei uns encostos, é claro. Mas o equilíbrio é o melhor.

Nos últimos tempos, eu decidi mudar isso, e tentar expandir o limite da minha paciência e da minha compreensão com as pessoas. Aprendi a não desistir tão fácil das coisas. Dizem por aí que arianos são bons em começar, mas nunca em terminar.
Não é verdade. Pelo menos para mim, não.
Eu vivo minha vida em ciclos, como em um livro. Tudo deve ter começo, meio e fim.

Todo o meu esforço em compreender, ajudar, participar, acabou se tornando tolerância excessiva.
E aí cheguei à conclusão de que não vale a pena ser tolerante, as pessoas abusam disso, e sempre esperam sua compreensão sem medida.

Portanto, encerrei mais um ciclo em minha vida. Nada de sair andando deixando as coisas mal-resolvidas, sem um ponto final. Pus um ponto final na minha mente, para poder seguir tranquila e ciente de que fiz o meu melhor, dei o melhor de mim, e acumulei meus créditos.


Mas tudo é aprendizado. Página virada, para iniciar um novo capítulo.