sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Bizarro!



Geralmente eu procuro entender qual a lição que há implícita em cada acontecimento da minha vida...

Ontem foi bizarro.
Levantei de manhã sonolenta, tomei o banho, me vesti, calcei os tênis e vim trabalhar... tudo no piloto automático. Porque acordar mesmo, eu só acordo depois que tomo o café aqui no serviço, olho meus emails e então começo a trabalhar.
O dia foi normal, eu diria... sem nenhum acontecimento extraordinário. Deveria ter ido para a academia após o trabalho, mas acho que exagerei no último treino e estava dolorida.
Assim, resolvi ir para casa, fiz algumas coisas comuns e então fui tomar banho para dormir.
Tirei o tênis do pé esquerdo... quando tirei o do pé direito... AAAHHHH! Pasmem: Uma barata grudada na minha meia!
Gente, uma barata!!! Ela esteve no meu pé o dia inteiro!!! Eu a matei abafada! QUE NOJO!
A maldita deve ter entrado no meu tênis de madrugada, e como eu me vesti sonolenta ligada no piloto automático, não vi...
Bem, a solução foi jogar a meia fora, porque eu tenho PAVOR de baratas e não conseguia nem olhar pra meia pra tirar a barata de lá... eca...
Hoje quando acordei, como ia usar os mesmos tênis, prestei muita atenção antes de calçá-los né! Bati umas 30 vezes no chão, e devo ter acordado o pessoal do apartamento de baixo... rs.

Bem, qual foi o aprendizado que tirei disso? Ah, que eu posso ser forte como for, possuir o conhecimento que for, ser dinâmica como for... mas ainda sucumbo a uma mísera barata nojenta!! Hahahaha!!!

9 comentários:

∑S∑ disse...

Para ela aprender a não pegar carona mais em tênis.

Extase disse...

tudo na vida nos leva a aprender

Luna Sanchez disse...

Tentando ajudar, ò :

* Pense que ela teve uma morte suave, que não foi esmagada, apenas asfixiada (eu disse "apenas"? Hohohoho);

* Que bom que resolveu ir direto pra casa, porque tirar meia com barata na academia teria sido traumático;

* Minha irmã teve uma experiência digamos, mais íntima com baratas : quando criança, ela tinha a mania de levantar à noite e comer achocolatado em pó, de colher. Numa dessas, ao pegar uma colherada com a luz da cozinha apagada, sentiu algo de crocante...

De verdade, espero ter te ajudado com essas reflexões...rs.

Beijinhos, moça. Que o fds esteja sendo beeeeem bom. ^^

ℓυηα

Altavolt disse...

Ei, Sweet, nesse caso, a lição aprendida pela barata deve ter sido bem maior que a sua: Não tentar se meter aonde não é chamada! Beijão!

Menina Misteriosa disse...

Sweet,
Concordo com a Luna... nestas horas, o melhor é tentar ver um outro lado... risos...
Eu, agora, vou checar várias vezes meus sapatos de manhã e só pegar as coisas na cozinha de luz acesa... hehehe
Boa semana pra você,
Beijos

Kell disse...

Ai que nojooo! Você não ficou com uma vontade louca de cortar o pé fora? Só de imaginar já dá nojo!
Pense que pelo menos vc não é a irmã da Luna, comedora de baratas. Hehehehehehehe
Beijos!

Mayra Triveloni disse...

ri muito quando li este post... rsrsr. no mínimo, curioso e, claro, nojento!!!
então, quanto ao Chega de Escola, concordo com vc. somos uma nação predominantemente burra, mal informada, desinteressada e acomodada. Confesso que o andré foi feliz em alguns pontos, mas cada cabeça um sentença e os meios nem sempre justificam o fim certo? vc mesma citou exemplos clássicos que vemos todos os dias. ha quem diga que nós "fazemos a escola", mas não é bem assim. acesso e oportunidade contam e muito, desde que o mundo é mundo. bjus e otima terça-feira de sol!

Sweet Toxicant disse...

MSM: Falou certo! Abusada, ela! rs

Extase: É só prestarmos mais atenção, né? rs. Obrigada pela visita.

Luna: Passei mal só de imaginar a situação da sua irmã, tadinha! Eca! Ughh! Sim, você me ajudou mesmo! rsrs.
P.S.: O fds foi maaaaravilhoso! Obrigada! Super beijos!

Alta: Hahaha! Impagável! Você tem razão, pena que ela não pode mais por em prática este ensinamento nem passar para as companheiras, porque agora já descansa em paz... rs. Beijinhos pra vc!

Menina: É, concordo... sempre tem situações piores.. rsrsrs. Não descuide, eu tbm não descuido mais! Beijocas, também adoro suas passagens por aqui!

Kell: Hahaha! Cortar o pé fora, não... mas a meia eu joguei fora sim.. Blergh!
Beijos!!!

Mayra: Realmente, ainda há muito que evoluir para atingir o ponto adequado. Até lá, temos que nos conformar com esse "engessamento" e fazer o melhor que pudermos por nós e pelos outros né? Ótima semana de sol! Beijocas!

xoogle disse...

Poxa, eu já achei que havia uma baita lição nisso tudo. Você pisou em seu medo o dia inteiro e só se deu conta disso quando ele estava morto.

Fique esperta aos sinais da vida... rs