quarta-feira, 29 de abril de 2009

Gesso

Por: Manuel Bandeira


Esta minha estatuazinha de gesso, quando nova

- O gesso muito branco, as linhas muito puras -

Mal sugeria imagem de vida

(Embora a figura chorasse).

Há muitos anos tenho-a comigo.

O tempo envelheceu-a, carcomeu-a,

manchou-a de pátina amarelo-suja.

Os meus olhos, de tanto a olharem,

impregnaram-na da minha humanidade

irônica e tísico.

Um dia mão estúpida

inadvertidamente a derrubou e partiu.

Então ajoelhei com raiva, recolhi aqueles

tristes fragmentos, recompus a figurinha

que chorava.

E o tempo sobre as feridas escureceu ainda

mais o sujo mordente da pátina...

Hoje esse gessozinho comercial

é tocante e vive, e me fez agora refletir

Que só é verdadeiramente vivo o que já sofreu.


*Imagem: Busto Irene Vilar

4 comentários:

Stefany disse...

A vida nos deixa marcas, cicatrizes, sujeiras... Mas quem não as tem, nada viveu e nada sabe... Entao quem sabe muito sobre a vida? Quem sabe, não conta (porque já morreu)... e mesmo os que se entitulam sabedores, falham... Então que, pelos menos, possamos aproveitar essas marcas e sujeiras e fazer nossos ensinamentos e caminhar sobre o gesso, sem que ele se desfaça... Vida boa essa nossa, sujeiras gostosas de carregar... E se tiver muito sujo, limpa com OMO!!!! hahahahahaha...
bjos!!

Anônimo disse...

Isso me lembra uma pasagem de uma palestra que uma pessoa deu em minha empresa, vai bem além do que imaginamos.

Muito bem colega!
Estou sem novos textos, mas em breve irei colocar outros, estou bem ocupado nos ultimos dias.

Te vejo por aí!
Dharma Boy

Sweet Toxicant disse...

Stefany: É isso aí, flor! Estamos sempre nos sujando e nos limpando.. é a dinâmica da vida, né? O mais importante é não deixar os sangue-suga grudados.. o resto a gente tira de letra... rs.


Dharma Boy: Certo. Quando você escrever novos textos avise, para eu ir conferir ;o)
Obs: Você tem uma empresa? De quê? E sobre o que era essa palestra? Fiquei interessada... rs. É que eu sou coordenadora de treinamentos, e muitas vezes preciso contatar consultorias para palestrarem assuntos motivacionais para os funcionários...

minicontosperversos disse...

Esse velhinho é um dos maiores gênios da literatura de todos os tempos. Abdicou tudo pelas letras. Tudo era doce demais. Essa é dele:

"Amar é mudar a alma de casa."